Papa confia a Nossa Senhora a Exortação apostólica dedicada aos jovens

Fonte: Vatican News

As palavras de Maria “Faça-se em mim segundo a tua palavra!” voltaram a ressoar, nesta segunda-feira (25/03), no Santuário da Santa Casa de Loreto, onde o Papa Francisco celebrou a Eucaristia.

A Santa Casa de Loreto é um lugar católico de peregrinação situado na região das Marcas no centro da Itália. O Santuário foi construído ao redor da Casa trazida milagrosamente da Terra Santa até Loreto, segundo a tradição medieval, onde o Arcanjo Gabriel anunciou à Virgem Maria a maternidade divina.

Francisco celebrou a missa na Santa Casa de Loreto 162 anos depois do último Papa que ali celebrou, Pio IX, em 1857. Depois disso, os Papas não pararam de visitar Loreto: São João XXIII, São João Paulo II e Bento XVI. E antes, muitos outros.

Um “sim” de Maria que os cristãos de todos os tempos são chamados a repetir em sua vida, em suas vocações. Juntos com o Papa, entre os muros da Casa de Maria em Nazaré, o arcebispo de Loreto, dom Fabio dal Cin, o prefeito da Casa Pontifícia, Georg Gänswein, o substituto da Secretaria de Estado, dom Edgar Peña Parra, o presidente da Cei, cardeal Gualterio Bassetti, o arcebispo emérito de Ancona-Osimo, cardeal Edoardo Menichelli, alguns frades capuchinos responsáveis pelo cuidado pastoral dos peregrinos, e alguns jovens que vivem o tempo em que se interrogam sobre sua vocação.

Fora do santuário acompanharam o Pontífice outros fiéis, dentre os quais os doentes que o Papa saudou depois. Do lado de fora do templo estavam presentes 10 mil pessoas. O Papa não proferiu a homilia. Algumas de suas palavras introduzem a Oração dos Fiéis:

Maria é a arca da nova e eterna aliança: nela se cumpre o mistério do Filho de Deus feito homem por obra do Espírito Santo. Façamos a nossa oração ao Senhor com fé e humildade. Digamos juntos: Que a sua palavra se cumpra em nós, Senhor.

Assinatura da Exortação dedicada aos jovens
Logo depois, na Santa Casa de Loreto, no altar diante da imagem de Nossa Senhora Negra, o Papa assinou a Exortação apostólica pós-sinodal em forma de Carta aos jovens, confirmando o Sínodo realizado, no Vaticano, em outubro passado e a entregou a dom Dal Cin.

Outra assinatura de uma exortação apostólica fora do Vaticano ocorreu com São João Paulo II, em 1995, quando por ocasião de uma viagem à África, foi divulgada a Exortação “Ecclesia in Africa”. Não só.

É também a confirmação do vínculo entre os jovens e o santuário mariano de Loreto, onde tanto São João Paulo II quanto Bento XVI se encontraram com eles.

Sobre a Exortação Apostólica,o Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti, afirmou que “2 de abril é a data de apresentação e publicação do documento, na memória da morte de São João Paulo II”.

Antes da missa, o Papa Francisco rezou por muito tempo, em silêncio, diante de Nossa Senhora Negra, mantida na Santa Casa. Do lado de fora, a multidão de fiéis o acompanhou, também em silêncio e oração. Depois da assinatura da Exortação, o Papa selou este momento intenso, dando de presente a Nossa Senhora uma rosa de ouro que ele colocou no altar da Santa Casa.

A ela, venerada em Loreto ao longo dos séculos por milhões de peregrinos, ele quis, hoje, confiar esse documento tão importante para os jovens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *