Papa Francisco retornou dos Emirados Árabes Unidos

Benedetta Capelli – Cidade do Vaticano

Antes da hora marcada, o avião da Etihad Airways, a companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos, aterrissou no aeroporto de Roma-Ciampino. Às 16h14 (hora local) concluiu-se a 27ª viagem apostólica do Papa Francisco, cujo lema foi inspirado no início da famosa oração de São Francisco de Assis: “Fazei-me instrumento da vossa paz”.

Os telegramas aos países sobrevoados
Imediatamente após a partida de Abu Dhabi, uma série de telegramas foram enviados aos responsáveis dos países sobrevoados. Em um telegrama, o Papa enviou a Sua Alteza, o xeque Khalifa Bin Zayed Al-Nahyan, seu “profundo apreço” pela calorosa acolhida e hospitalidade recebidas nos Emirados Árabes Unidos. Ao rei do Bahrein, o xeque Hamad Bin Isa Al-Khalifa, Francisco assegurou suas orações. No telegrama ao rei da Arábia Saudita, Salman Bin Abdul Aziz Alsaud invocou abundantes bênçãos. Orações pelo Egito na mensagem ao Presidente Abdel Fattah Al-Sisi e votos de paz ao presidente grego Prokopis Pavlopoulos. Finalmente, ao chefe do Estado italiano, Sergio Mattarella, o Papa assegurou uma oração especial “no retorno – lê-se no telegrama – da viagem apostólica aos Emirados Árabes Unidos, onde encontrei cristãos e representantes de outras religiões testemunhando o compromisso de um caminho comum de concórdia e solidariedade”.

O Santo Padre, como já é habitual fazer, depois de deixar o aeroporto de Ciampino e antes retornar ao Vaticano foi à Basílica de Santa Maria Maior, onde se deteve em oração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *